Soja

Os farelos de soja na alimentação animal


A soja é uma cultura originária do leste da Ásia. Constitui um recurso económico importante desde  5.000 anos pelo menos. As suas sementes são naturalmente ricos em proteína e em óleo, sendo bastante utilizado na alimentação animal sob a forma de farelo de soja. 

Os principais produtores de soja são os Estados Unidos com 35% da produção mundial, seguidos do Brasil com 27% e a Argentina com 19%.

As sementes de soja sofrem uma transformação chamada trituração, que permite obter um co-produto conhecido por farelo. Este último é um concentrado de nutrimentos, nomeadamente em proteínas. Esta característica faz do farelo de soja de oleaginosos o principal  ingrediente proteínico mundial na alimentação animal (porcos, aves de capoeira…).

A General Afitex exporta essencialmente desde o Brasil para a África Ocidental duas variedades populares: farelo de soja com 46% ou 48% de proteína.

Os farelos de soja podem ser comercializados em pelotas ou em farinha, dependendo do processo de fabricação da fàbrica de moagem. A qualidade dos farelos é geralmente expressa em "Profat", que é a taxa de proteína bruta combinada com a taxa de gordura.

Os principais produtores de soja são os Estados Unidos com 35% da mundial, seguidos do Brasil com 27%  e a Argentina com 19%.

Tourteaux de soja 46%

Os farelos de soja 46%

Este farelo é um ingrediente para a alimentação animal, rico em proteína, tiamina, colina e niacina.

É de facto usado como alimento para todas as espécies animais, variando os níveis de inclusão nas rações, conforme as exigências gerais de cada espécie, dieta e produção.

Características gerais

Farelos de de soja
46 – “Profat”
Proteína
Min 46%
Humidade
Max 12,5%
Fibras
Max 6%
Matériel minéral
Max. 6,5%

Tourteaux de soja 48%

Os farelos de soja 48%

Este farelo é bem mais rico em proteína do que o farelo 46%, contém igualmente tiamina, niacina e colina.

A sua proteína vegetal é adequada para todas as espécies animais, variando os níveis de inclusão nas rações, conforme as exigências gerais de cada espécie, dieta e produção.

Características gerais

Farelos de de soja
48 – “Hipro”
Proteína
Min 48%
Humidade
Max 12,5%
Fibras
Max 5%
Materia mineral
Max 6%